subtillom

É na subtileza de preservar a cultura de um povo que Ângela Subtil visita a Serra de Aire, mais concretamente, Minde. É na Associação Local de Minde que um tear manual português trabalha a lã 100% natural para fazer os padrões original das peças da Subtil – Portuguese Loom Art.

Também conhecida como Subtilloom, esta marca tem como objectivo manter vivo um património que se está a perder e lembrar os artesãos que ainda mantêm viva a arte da tecelagem.

Assim, mantas, malas e carteiras são inspiradas pelos padrões de antigamente e produzidas, com lã e pele de ovelha, pelas mãos sábias e calejadas das tecedeiras de Minde.

São fios com história”, afirma Ângela quando fala nesta sua paixão que é manter a cultura Lusitana. A vontade desta empreendedora em aprofundar o artesanal, as técnicas manuais e as matérias-primas ecológicas embebem estas peças numa riqueza imensa. É uma ideia Subtil que reavivou o padrão das mantas de Minde e aplicou-as a outros produtos para lhes incutir modernidade.

Se pensa que por serem feitas de lã só podem ser utilizadas no Inverno, passe pelo Mar d’Estórias e veja todos os padrões e cores da colecção de Verão que acabaram de chegar.